terça-feira, 9 de setembro de 2014

piano em dia de chuva

debrucei no piano que você costumava a tocar, sorri ao lembrar da melodia que para mim adorava cantar, passei os dedos pelas teclas e comecei a tocar, lembrei de Tiersen e me deparei com você a me olhar... pena que quando lhe vi, você realmente não está ali, mas ainda lhe sinto ao meu lado. lembro-me dos dias de chuva e sua voz rouca ao me tocar, dizia: ''ainda para França iremos viajar.'', sorri ao lembrar de você, pena que nós não éramos para ser, pois você viajou e eu fiquei aqui, debruçada no piano e acostumada a sorrir. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário