sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

sobre mim

compreenda os meus encantos e os meus desencantos, os meus achados e os meus perdidos, os meus medos e os meus vícios. decifre os meus sonhos e os meus pesadelos, a quietude da minha alma e a bagunça do meu corpo. ame os meus gestos e a minha poesia, o meu delírio e a minha loucura. 
meu bem, entenda: sou um infinito de emoções. 
hoje sou flor, amanhã sou espinho. hoje sou quente, amanhã sou fria. hoje tenho medo, amanhã a coragem me faz companhia. hoje choro, amanhã sorrio de orelha a orelha. hoje amo tu, amanhã amo outro alguém. 
meu bem, entenda também, que: não posso apenas pertencer a ti, pois vivo num mundo sem fim. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário