quinta-feira, 31 de março de 2016

poesia-me

a poesia que me cura,
me deixou crua 
e completamente nua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário